O Disney+ chegou ao Brasil no último dia 17 e com ele o trabalho de maior destaque na TV de Dove Cameron. A série do Disney Channel “Liv & Maddie”, que estreou em 2013 e foi encerrada em 2017 está totalmente disponível no catálogo do novo serviço de streaming da Disney (bem como outros trabalhos da atriz), porém, nem todos tem como aderir ao serviço agora.

Por isso, nós, do Dove Cameron Brasil, pensando nos nossos visitantes e seguidores que adoram a série, deixamos aqui um guia de como assistir TODAS AS TEMPORADAS da série e de graça no PC e no celular (e na TV, caso ela suporte o screen mirroring).

AVISO: O Dove Cameron Brasil não hospeda os episódios e nem os tem nos seus setores de armazenamento. Os links divulgados abaixo são de sites externos, que agregam os links dos episódios e os mantém disponíveis 24/7. Se algum link estiver quebrado, reportem ao dono do respectivo site.

1 – NETCINEHD – ASSISTA E AINDA TENHA A POSSIBILIDADE DE BAIXAR.

Tela do NetcineHD com a página da série. (Foto: Reprodução/DCBR)

Clicando aqui, você entra diretamente na página de episódios no NetCineHD. Um site terceirizado que oferece filmes e séries de forma gratuita e inclusive funciona no celular. Todos os episódios das 4 temporadas estão disponíveis e online.

Para baixar seu episódio favorito, basta abrir na navegação, e clicar em pop-out no canto superior direito da telinha do episódio. Você será redirecionado ao Google Drive e terá acesso ao download do arquivo. E o melhor, de tudo, ele ficará salvo na sua conta do Google, caso você esteja conectado em seu navegador.

2 – APLICATIVO CINE VISION (BETA)

Disponível no Google Play (infelizmente não disponível na App Store), o aplicativo é considerado um dos melhores para assistir séries e filmes de graça. E ele tem todo o conteúdo de Liv & Maddie disponível para assistir. Você pode escolher em qual player quer assistir e pode espelhar na sua TV! Basta você baixar o aplicativo e criar uma conta para salvar suas favoritas ou pode usar o aplicativo sem conta.

Viu como é simples?

O que achou das novas plataformas? Diga-nos nos comentários.

Pedindo desculpas por sua ausência nos últimos dias, Dove Cameron utilizou sua conta do Instagram para publicar duas novas imagens comemorando o antigo significado da sexta-feira 13 antes de ser modificada para o dia do azar, como é conhecido atualmente.

Confira, abaixo, as imagens em alta qualidade e, em seguida, a tradução do texto:

PT: não tenho estado presente aqui [no Instagram], mas não podia deixar passar meu dia favorito! feliz sexta-feira 13!: historicamente celebrado como o dia da deusa antes de ser rebatizado como um dia de azar pelos líderes patriarcais por volta da antiga era romana. 13 é um número inerentemente feminino, representando os 13 ciclos da lua e posteriormente os corpos das mulheres, e a incrível relação entre os dois. Sexta-feira é derivado do termo latino “dies Veneris” que traduz “Dia de Vênus” ou, o homônimo direto derivado da deusa nórdica Freya que também foi associada a Vênus, amor, beleza, fertilidade, morte e renascimento (nova vida). Quanto mais você olhar para a história e as linhas do tempo dos sistemas de crenças, mais você verá as mulheres sendo difamadas, envergonhadas, re-brandedadas e geralmente demonizadas como uma forma de transferir o poder para organizações dominantes masculinas, em uma época em que a matriarquia era uma ameaça ao seu sucesso.

Portanto, sabendo disto : hoje não é um dia de azar, e é um dia perfeito para cair em seu corpo, e fazer alguma forma de adoração a si mesmo, o que quer que isso signifique para você. Deixe de lado os ideais nocivos que têm mantido você estagnado, habite seu eu superior e apareça para ela como ela é agora. Seu eu superior e sua intuição estão sempre lá, esperando que você toque em você. Apareça e seja muito corajoso. O trabalho de cura não é fácil, mas deve ser feito. Até que você se encontre, você estará esperando.

EN: haven’t been on here but couldn’t let my favorite day pass ! happy friday the 13th ! : historically celebrated as the day of the goddess before it was ever re-branded as an unlucky day by patriarchal leaders around the ancient roman era. 13 is an inherently feminine number, representing the 13 cycles of the moon and subsequently women’s bodies, and the incredible relationship between the two. friday is derived from the latin term ‘dies Veneris’ which translates ‘Day of Venus.’ or, the direct namesake derived from Norse Godess Freya who was also associated with Venus, love, beauty, fertility, death and rebirth (new life). the more you look into history and timelines of belief systems, the more you will see women being defamed, shamed, re-branded, and generally demonized as a way to shift power to male-dominant organizations at a time when matriarchy was a threat to their success.

so, knowing this : today is not unlucky, and it is a perfect day to drop into your body, and do some form of self worship, whatever that means for you. tap into your power and face necessary pain to amplify your growth, as a gift to yourself. let go of harmful ideals that have been keeping you stagnant, inhabit your highest self and show up for her as she is now. your higher self and intuition is always there, waiting for you to tap in. show up and be brave as fuck. healing work is not easy, but it must be done. until you meet yourself, you will be waiting.

Em sua primeira entrevista para o site Genius, Dove Cameron explicou a letra de “We Belong”, seu último single lançado em julho que já ultrapassou 14 milhões de reproduções no Spotify e 8 milhões de visualizações no YouTube.

Reconhecendo que “We Belong” é a sua música mais popular até o momento, a cantora realizou a entrevista logo após a performance de “We Belong” no evento Vote For Your Life, da MTV. Confira:

As capturas do vídeo já foram adicionadas em nossa galeria de fotos. Você pode conferir clicando na miniatura abaixo:

A MTV organizou hoje, 24, o evento Vote For Your Life como forma de motivação para os habitantes dos Estados Unidos irem votar – já que no país a eleição não é obrigatória como no Brasil.

Dove Cameron, que tem utilizado as suas mídias sociais, principalmente a sua conta do Instagram com mais de 37 milhões de seguidores para motivar os residentes dos Estados Unidos da América a concluírem o registro para votar nessa eleição presidencial, também marcou presença no evento da emissora MTV.

Usando um vestido preto, Dove performou “We Belong”, seu último single lançado em julho que ultrapassou 13 milhões de reproduções no Spotify. Assista a performance no player abaixo.

Na madrugada de hoje, 7, Dove Cameron utilizou seu Twitter para interagir com os fãs e falar que algumas das personagens que ela interpretou para a Disney são parte da comunidade LGBTQ+.

Tudo começou quando Dove compartilhou o tuíte abaixo em sua conta oficial:

Um fã respondeu ao tuíte com “ainda estou convencido que Maddie [da série ‘Liv & Maddie’] não era hétero”. A atriz respondeu afirmando que Maddie era definitivamente gay. Confira:

Logo após, Dove também falou sobre a irmã gêmea de Maddie, também interpretada por ela: “Liv era bissexual”.

“Nós te adoramos por você confirmar que todos os seus personagens são gays. Mas r a Mal?” questionou um fã. Dove respondeu: “Mal é pansexual”.

E, por último, uma fã perguntou sobre a personagem que Dove Cameron interpretou na quinta temporada de “Agents of S.H.I.E.L.D”, a Ruby Hale: “avisa para eles que Ruby é bissexual”. A atriz respondeu “assexual”.

Após essas interações, o nome Dove Cameron amanheceu (e continua!) nos trending topics brasileiros no Twitter. Confira alguns tuítes:

Dove Cameron utilizou seu Twitter na noite de ontem, 29, para publicar um texto com algumas dicas para quem sofre de estresse pós-traumático e depressão – assim como ela.

Não é a primeira vez deste mês que Dove fala sobre saúde mental. No dia 20, a cantora publicou um texto em seu Instagram falando sobre ansiedade e depressão.

Confira o tuíte publicado e, logo abaixo, a tradução feita pela Gabriela.

Dica para qualquer um que sofre com estresse pós-traumático, trauma ou depressão: essas doenças tendem a encorajar auto-isolamento/medo de estar no mundo exterior. eu tenho me esforçado todos os dias para estar na luz do sol (parques, sentada no meio-fio, fazer caminhadas, sentada no meu deck, até mesmo perto da janela. qualquer lugar onde você possa conseguir vitamina D), sem celular. tento estar o mais presente possível para meu corpo físico e não entro reflexivamente na minha mente. primeiramente, isso é realmente difícil. é uma habilidade que eu estou construindo. nomeando coisas que eu vejo ao meu redor, focando em sensações como: cheiros, sons, vento em meus braços, etc. isso me coloca em meu corpo (o que pode parecer inseguro no início) e me deixa saber que estou segura. exercícios como estes podem quebrar episódios de PTSD e me ajudar a sentir genuinamente presente e não exclusivamente presa no passado ou no futuro. eu estico, me movo de formas divertidas, faço qualquer coisa que eu sinta instintivamente plausível para fazer pelo meu corpo, mesmo que seja estranho. muitas vezes ficamos presos em um espiral cerebral/químico, tanto que sequer conseguimos perceber que estamos vivendo nossas vidas desse jeito.