Sejam bem-vindos ao Dove Cameron Brasil, a sua maior e melhor fonte de informações sobre Dove Cameron no Brasil e no mundo! Aqui você encontrará notícias, fotos e vídeos da atriz e cantora Dove Cameron e muito mais. Este é apenas um fã-site, feito de fã para fã. O DCBR não tem a intenção de infringir nenhum copyright; o site é completamente sem fins lucrativos. Caso queira qualquer mídia removida, não hesite em entrar em contato! Esperamos que gostem e voltem sempre!

Em uma nova entrevista concedida à revista “Galore”, Dove Cameron falou sobre como é ter 21 anos, seus sentimentos, relacionamentos, seu primeiro disco, “Descendentes” e mais. Confira a tradução abaixo:

Feliz aniversário atrasado! Como é ter 21 anos?
Completamente diferente. Eu acordei e me senti como uma pessoa completamente nova.

Mesmo?
Não, 20 era de maior importância para mim. Mas passei 21 com meus melhores amigos e todos nós fomos para Las Vegas. Foi uma viagem fenomenal! Minha melhor amiga e eu temos tatuagens agora.

O quê vocês tatuaram?
Então, eu tenho um “X” no meu mindinho. Kiersey [Clemons] tem um “O”. Eu acho que para ela o “O” é representado como integridade e uma unidade. E para mim o “X” representa muito. No lugar que você coloca um “X”, ainda é um “X”, que eu acho muito bonito para mim em um momento da minha vida, quando tantas pessoas querem tantas coisas diferentes de mim. Eu sinto que posso olhar para baixo e sempre ser lembrado que não importa onde eu vá, eu ainda sou o mesmo no meu núcleo.

E um “X” também representa como uma encruzilhada para mim, como um 10. Há muito significado realmente, mais do que eu penso.

Além disso, ele representa que a minha melhor amiga e eu queríamos combinar tatuagens (risos).

Em geral, você diria que está feliz ficando velha?
Sim. Eu diria que sim. Pessoas ainda me perguntam se eu fiz 16 anos e eu continuo sem entender. Sinto que estou ficando mais jovem à medida que envelheço. Eu amo isso. Quero dizer, eu sempre senti como se minha idade nunca combinasse com meu interior. Agora, eu me sinto mais confortável em mim. Adoro envelhecer.

Qual é a idade que você sente por dentro?
Eu acho que quando completei 20 anos, me senti inteiramente com 20. E eu acho que agora, talvez 23. 23 pode ser o próximo do que eu sinto. Vou tentar acertar isso e tentar me sentir enraizada no chão novamente. 21 é interessante para mim, mas não sei se sinto 21.

Bom, sinto que a pessoa demora para começar a se sentir com 21 anos.
Sim, para muitos é como se fosse uma vantagem para se embebedar, mas eu não sou muito de beber ou qualquer coisa. Eu sinto como se agora, eu posso beber champanhe em uma ocasião especial.

Essa foi sua primeira bebida com 21 anos?
Não, minha primeira bebida foi uma dose de vodka com todos os meus amigos à meia-noite.

Isso é hardcore.
Sim, estava caminhando para isso, mas depois só bebi alguns martinis, eu gosto.

Ter uma cara de bebê e ser confundida com uma adolescente de 16 anos é irritante?
Só fica irritante quando não me interpretam como adulta. Eles são como ‘olha, você parece ter 15’ e eu fico tipo ‘ughhhh o que eu tenho que fazer?’ Mas eu não me importo, quero dizer, é como eu pareço, certo?

Como é interpretar a filha de uma personagem tão icônica quanto Malévola?
Fenomenal. Eu me associei mais com os vilões quando era mais jovem. Quero dizer, acho que os vilões, em geral, são sempre pessoas mais interessantes. Eu sempre amei Malévola porque ela é a mais malvada de todas. “Descendentes” continua a ser uma das coisas favoritas que eu já fiz.

Quais são algumas coisas que você acha que as garotas podem tirar de personagens malignos?
Positividade e em focar seus pensamentos e intenções. Eu acho que muito do que está acontecendo na sociedade hoje está causando as pessoas a desenvolverem uma ansiedade. O mundo está ficando cada vez mais insano. Mas, eu acho que podemos aprender com os personagens malignos que a intensidade é boa, às vezes. Eu acho que precisamos pregar para as meninas que ser complicada é permitido. Eu acho que muitas pessoas idolatram muito o fato de serem simples, doces e fáceis. E eu acho que muitas garotas estão apavoradas com o que fazer. Acho que as meninas “do mal” se concentram em si mesmas um pouco mais. E mostrar que devemos ser poderosas. Acho que é algo que todas podemos fazer.

Você está preocupada em escapar e perder o cargo de ‘garotinha’ do Disney Channel?
Não, eu esperava que eu seria quando tinha 14 anos. Estava com medo de rótulos e o tipo de coisas que vêm junto com o Disney Channel, mas eu acho que não trouxe nada disso, só luz e amor genuíno sob meus pés e em minha vida. Eles foram tão solidários. Verdadeiramente, foi a experiência mais educativa que eu poderia ter. Eu acho que a Disney Channel apresenta uma plataforma incrível, obviamente, mas também uma enorme rede de segurança, e calor. Você não percebe tudo o que eles dão para você. É uma forma inigualável de ser apresentado à televisão e à música. Eles não fizeram nada além de me ensinar e cuidar de mim.

Então, por que você acha que tantas estrelas da Disney em particular têm um tempo realmente difícil ajustar a vida fora da Disney?
Eu acho que essa é provavelmente uma resposta fácil! Uma coisa que eu realmente acho que me ajudou foi o fato de ter começado na indústria um pouco mais tarde do que quando comecei na Disney, diferente de outras pessoas. Eu comecei a atuar aos 14 anos e eu já tinha encontrado o individualismo naquele momento, que me serve e continua a me servir. E eu também acho que qualquer experiência de qualquer humano é o que esse humano decide fazer da vida. Eu não necessariamente acho que o Disney Channel tem algo a ver com a forma de como alguém sai dela. É apenas muita experiência em uma idade muito jovem que faz coisas diferentes para pessoas diferentes.

Você sente a obrigação de ser uma modelo?
Sim, absolutamente. Eu levo isso muito a sério. Eu amo o meu público mais jovem, eu amo fazer coisas que são para o meu público mais jovem e como eu estou crescendo, eu faço coisas para o meu público mais velho, bem, mas eu mantenho essas coisas separadas. Eu tenho um grande relacionamento com ambas as bases de fãs. Eu amo crianças e eu sou muito apaixonado por mentes jovens e acho que as crianças precisam ser levadas muito a sério.

Quais são as mulheres que você admira?
Muitas. Amy Poehler, Tina Fey, Meryl Streep… Jessica Lange é minha atriz favorita de todos os tempos. Há também um monte de amigas pessoais que eu admiro. Minha mãe e minha família. Eu amo mulheres.

É importante ouvir isso, especialmente agora.
Sim, há um monte de coisas ruins acontecendo agora e eu acho tão gratificante ser capaz de olhar para coisas boas. Estar cercada de pessoas com as quais me relaciono e aprendo diariamente. É uma época realmente mágica na minha vida, e estou muito grata.

Quais são algumas de suas metas em longo termo?
Estou cheia de metas. Acabei de sair da produção de “Hairspray Live!” na NBC e realmente reativou meu interesse no palco. Eu adoraria continuar a explorar o palco – Broadway, eventualmente, se eles me deixassem. Talvez um dia em breve. Eu amo filmes. Eu amo a televisão. Eu acabei de sair de 4 anos de televisão. Então eu estou procurando coisas para ampliar meus horizontes, mas eu quero fazer tudo para sempre. E nem todos têm a sorte de querer fazer o que ele ou ela está fazendo para sempre.

Você está trabalhando em músicas agora?
Sim! Desde há algum tempo que venho prometendo aos meus fãs um álbum. Estou fazendo muitos movimentos nessa direção.

Que tipo de álbum vai ser?
Eu tenho um monte de influências e eu não quero dar nada de distância sobre as coisas que eu estou trabalhando atualmente. Eu tenho prometido isso por tanto tempo que meus fãs merecem um pouco de revelação. Definitivamente vai ser o que muitos fãs esperam para mim, mas acho que não vai ser o que muitos fãs eles esperam de mim.

Com que vilão da Disney você iria em um encontro?
Desenho animado? Eu acho que o Príncipe Eric. Com quem eu iria agora? Não sei se posso responder a isso. Meus lábios estão colados, mas o príncipe Eric com certeza.

Qual é o sinal de que a menina está pronta para um novo relacionamento depois de um término?
Ela corta o cabelo dela! Como eu fiz.

Você acredita em relacionamentos rebound?
Não, eu não acredito. Eu acredito em encontrar você mesma e viver sozinha e fazer a sua própria coisa até que alguém que você não pode ignorar aparecer. 

E quando alguém faz, você acredita que as meninas devem fazer o primeiro movimento?
Acredito que tudo o que é orgânico deve acontecer do jeito que é suposto. Em minha quantidade mínima de experiência, sempre foi algo que simplesmente não pode ser interrompido e eu acho que é a única razão para perseguir qualquer coisa em tudo.

Qual é a maior ideia errada que as pessoas têm sobre você quando a conhecem?
Eu acho que muitas pessoas pensam que eu não sou inteligente porque eu sou muito feliz e tenho muita energia ou que é uma felicidade falsa como energia falsa. Eu entendo completamente que é muito para lidar com um ser humano muito emocional, e eu sou. Isso pode ser um pouco de uma declaração ampla, mas eu não acho que há alguém que eu conheci que eu não criei um pouco de um relacionamento profundo. É uma coisa realmente linda criar uma relação com pessoas que não podem antecipar essa proximidade. E isso é uma espécie de luz da minha vida, ficando perto das pessoas.

Clique em qualquer miniatura abaixo para conferir imagens do ensaio fotográfico:

Fonte: Galore Magazine.

Tema criado e desenvolvido por lannie d.
todos os direitos reservados ao dove cameron brasil

online